Tanatopraxia e a humanidade

Autor: Kleber Gomes de Amorim
Curso: Profissionalizante em Tanatopraxia
Instituição: Somática Educar
João Pessoa, 14 de janeiro de 2021

A tanatopraxia é a mais moderna técnica de conservação de corpos, utilizada em quase todos os países do mundo. Ela não traz apenas vantagens à aparência da pessoa, oferece à família o melhor dos benefícios que se constitui em recordar de seu ente querido como ele era verdadeiramente em vida. Isto, psicologicamente se constitui de um valor incalculável. Quando passamos pelo processo de perda, a última aparência é aquela que fica negativamente marcada na memória afetiva da família…

A realização da tanatopraxia se constitui num gesto de amor e carinho, pois além de amenizar as transformações próprias do corpo sem vida, contribui no processo de difícil adaptação da ausência do ser amado. Trata-se de uma técnica que nos últimos anos, revolucionou o setor funerário, que consiste na prática de higienização e conservação de corpos humanos através da injeção de líquidos. O objetivo é proporcionar uma melhor apresentação do corpo no momento do velório, tendo esta prática a tornar-se num serviço essencial para o setor funerário. O procedimento é realizado com aplicação de produtos químicos no corpo do falecido, uma maneira bem menos agressiva e mais eficaz, que os antigos métodos, como o embalsamamento.

Terminada a aplicação, o corpo fica com a aparência serena e corada, como antes da morte. A tanatopraxia é uma completa desinfecção e conservação do cadáver. O propósito prioritário do tanato e a desinfecção. Destruir uma vasta gama de microorganismos que produzem uma variedade de doenças.Visto com o morrer da pessoa, muitos agentes patogênicos morrem de forma imediata, mas muitos deles sobrevivem grandes períodos de tempo nos tecidos mortos, podendo estes contaminar outros seres com o seu contacto. Também existe a possibilidade de organismos virulentos serem transmitidos a terceiros. Graças a essa tecnica, os serviços funerários passaram a contar com a possibilidade de prolongar o tempo do funeral, dando oportunidade para que familiares distantes também possam participar dos atos funerais, ou mesmo para que a família possa permanecer mais tempo no velório. Serve, também, para que o corpo possa ser transportado a grandes distâncias para o enterro, bem como para cumprir com as determinações legais do translado.

Para ter acesso ao artigo completo clicar abaixo

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.