Sistema Fotovoltaico e suas aplicações

A necessidade de oferecer alternativas para energização de propriedades rurais de  pequeno porte com eficiência, confiabilidade e custo acessível, motivou a realização  desta pesquisa, cujo enfoque principal foram os sistemas fotovoltaicos e a busca por  um melhor desempenho deste sistema a partir de estratégias de posicionamento dos  painéis solares em direção ao Sol.  

Compartilhe:

Autor: TIAGO CONCEIÇÃO DE SOUZA

Macaé – RJ

Curso Profissionalizante Energia Solar Fotovoltaica

A evolução da energia solar fotovoltaica teve início a partir da pesquisa de um físico  francês, Alexandre Edmond Becquerel, em 1839, que iniciou seus estudos sobre o  efeito fotovoltaico.  

Sabendo-se que a Energia fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir de luz  solar, e pode ser produzida mesmo em dias nublados ou chuvosos, quanto maior for  a radiação solar, maior será a quantidade de eletricidade produzida.  

Deste modo, podemos afirmar que nos dias atuais a energia fotovoltaica é  considerada a terceira fonte de energia renovável mais importante depois de  hidráulica e eólica, l em termos de capacidade instalada a nível mundial.  

Mais de 100 países utilizam energia solar fotovoltaica, ou seja, menos desperdício da  energia, além do baixo impacto ambiental na instalação. OS SISTEMAS FOTOVOLTAICOS, oferecem diversas vantagens para a rede elétrica, como a  redução de perdas em transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é  consumida onde é produzida.  

A necessidade de oferecer alternativas para energização de propriedades rurais de  pequeno porte com eficiência, confiabilidade e custo acessível, motivou a realização  desta pesquisa, cujo enfoque principal foram os sistemas fotovoltaicos e a busca por  um melhor desempenho deste sistema a partir de estratégias de posicionamento dos  painéis solares em direção ao Sol.  

Este trabalho apresenta o desenvolvimento experimental de um conjunto  considerando-se o aumento na geração de energia elétrica em função da  complexidade de implementação e do consumo de energia pelo próprio sistema de  movimentação.  

A matriz energética brasileira, há algum tempo, vem apresentando algumas  deficiências principalmente nos quesitos da dependência de fatores climáticos,  predominante da principal forma de geração de energia do país, causando assim uma  instabilidade no sistema de produção de eletricidade, acarretando os constantes  reajustes tarifários relacionadas a eletricidade.  

Na última década, à busca por soluções sustentáveis e eficientes de geração energia  aumentou exponencialmente, principalmente devido aos impactos ambientais  causados pelas atuais fonte de energia, desta maneira, uma nova tendência de  geração de energia está se expandindo cada vez mais.  

Para ter acesso ao Artigo Completo clicar abaixo:

Compartilhe: