Radiação Solar e Sistemas Fotovoltaicos

O efeito fotovoltaico ocorre na formação da corrente elétrica Contínua, as células solares feitas de silício absorvem a radiação emitida pela luz solar, na absorção os elétrons ficam excitados decorrente a radiação, formando uma rede cristalina, a iluminação do material cria uma corrente elétrica à medida que os elétrons excitados e os vazios remanescentes são preenchidos por novos elétrons em direções diferentes pelo campo elétrico da região de depleção. A energia solar é produzida por placas fotovoltaicas de silício, que são implantados em áreas abertas e que possuem boa área de radiação solar. Para essa geração de energia são necessários alguns componentes mais importantes como o painel fotovoltaico, que é o elemento mais importante nesse meio de produção, pois é o responsável pela produção da energia elétrica, é composto por alguns elementos. O inversor solar fotovoltaico é o responsável pela conversão da energia produzida no painel fotovoltaico, pois é gerada corrente contínua, que é diferente da corrente utilizada nas residências.

Compartilhe:

Autor: Rubens Pereira de Souza 

Guanambi – Bahia

Curso Profissionalizante Energia Solar Fotovoltaica

Somática Educar

A superfície da Terra recebe anualmente uma quantidade de energia solar nas  formas de luz e calor, o suficiente para suprir milhares de vezes às necessidades  mundiais durante o mesmo período. Poucas partes dessa energia solar é aproveitada. A energia do Sol pode ser utilizada para produzir eletricidade pelo  efeito fotovoltaico, onde se produz energia diretamente da conversão da luz solar  em energia elétrica. Esse tipo de sistema é capaz de absorver a radiação solar  por suas células fotovoltaicas e convertê-las em corrente elétrica. A corrente  convertida passa pelos sistemas tecnológicos da placa, onde será processada,  após o processo passará para rede de distribuição onde é coletada e processada  por dispositivos controladores e conversores. 

O efeito fotovoltaico ocorre na formação da corrente elétrica Contínua, as células  solares feitas de silício absorvem a radiação emitida pela luz solar, na absorção  os elétrons ficam excitados decorrente a radiação, formando uma rede cristalina,  a iluminação do material cria uma corrente elétrica à medida que os elétrons  excitados e os vazios remanescentes são preenchidos por novos elétrons em  direções diferentes pelo campo elétrico da região de depleção. A energia solar é  produzida por placas fotovoltaicas de silício, que são implantados em áreas  abertas e que possuem boa área de radiação solar. Para essa geração de  energia são necessários alguns componentes mais importantes como o painel  fotovoltaico, que é o elemento mais importante nesse meio de produção, pois é  o responsável pela produção da energia elétrica, é composto por alguns  elementos. O inversor solar fotovoltaico é o responsável pela conversão da  energia produzida no painel fotovoltaico, pois é gerada corrente contínua, que é  diferente da corrente utilizada nas residências.

A célula fotovoltaica é composta por um elemento químico chamado silício, neles  são empregados dois tipos diferente desse material para se criar o substrato do  semicondutor, negativas e positivas. As cargas positivas são criadas da mistura  silício e fósforo, já as negativas são criadas com silício e boro. O silício influencia  diretamente na porcentagem de rendimento das células fotovoltaicas, pois sua  pureza é quem favorece, por exemplo o painel solar de silício amorfo é a que  apresenta menor rendimento perante as outras, porém menor custo se  comparado, seu rendimento de 6 a 9 %, esse modelo é utilizado em relógios e  calculadoras solares. O painel solar de silício Monocristalino é o de maior  rendimento é aproximadamente de 14 a 22% e possui boa capacidade de  geração com pouca luz, é a mais cara dos modelos de silício e a mais antiga,  suas características são bem predominantes, pois possuem uma cor única, em  variação decorrente da alta pureza do silício na forma de lâminas, o painel solar  policristalino diferencia-se do Monocristalino pela sua formação que é montada  por diversos cristais formando um bloco, são produzidos mais facilmente do que  o modelo Monocristalino e mais baratos, porém sua eficiência de 13 a 18%. 

Conclui-se que o sistema solar fotovoltaico será um dos maiores sistemas  utilizados no mundo, pois sua fonte de calor é renovável e inesgotável, seu  sistema até então de alto custo, porem bem menos do que nos seus primórdios  e graças as novas tecnologias estão cada vez mais inseridas no mercado e com  uma melhor acessibilidade e aceitabilidade. 

GRADELLA VILLALVA, Marcelo energia solar fotovoltaica: conceitos e  aplicações. 2 ed. São Paulo: Érica, 2015. 224p. 

PENA, Rodolfo F. Alves. Vantagens e desvantagens da energia solar. Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/vantagens desvantagens-energia-solar.html 

SOLAR, Portal. Como funciona o painel solar fotovoltaico- Placas fotovoltaicas.

Portal Solar, SD. Disponível em: https://www.portalsolar.com.br/como-funciona o-painel-solar-fotovoltaico.html 

SOLAR, Portal. O que é energia solar. Portal Solar, SD. Disponível em:  https://www.portalsolar.com.br/o-que-e-energia-solar-.html

Compartilhe:

Autor: Somática Educar

Somática Educar - cursos profissionalizantes e de capacitação a distância

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.