Portos e Navios – Potencialidades do Porto do Itaqui são apresentadas a governantes e empresas japonesas

Portos e Navios – Potencialidades do Porto do Itaqui são apresentadas a governantes e empresas japonesas

Compartilhe:

Fonte: Portos e Navios – Potencialidades do Porto do Itaqui são apresentadas a governantes e empresas japonesas

 

Prezados sr. convidamos para nossos cursos profissionalizantes nas áreas portuária, naval , construção naval, óleo e gás dentre outros Interessados entrar em contato@somaticaeducar.com ou whatsapp 55 999876524 – todos os cursos são online e com certificado – Nosso website www.somaticaeducar.com

Compartilhe:

ANP publica editais e novos modelos de contrato pré-sal

Publicação de editais e modelos de contratos para pré-sal

Compartilhe:

Pré-sal ressurgindo

A ANP publicou nesta quarta-feira (23/08), no sítio eletrônico www.brasil-rounds.gov.br os editais e os modelos de contratos da 2ª e 3ª Rodadas de Partilha, com áreas no pré-sal, que ocorrerão em 27 de outubro. Os documentos passaram por consulta e audiência públicas para recebimento de contribuições do mercado e da sociedade.

Saiba mais..

 

Cursos nas áreas naval e marítima. clique aqui!

 

pré sal

Compartilhe:

Inteligência Artificial

Segundo o estudo do Banco suíço Julius Baer estima-se que o faturamento da indústria de inteligência artificial deve aumentar 50% ao ano

Compartilhe:

Inteligência Artificial na Era da Tecnologia

Segundo o estudo do Banco suíço Julius Baer estima-se que o faturamento da indústria de inteligência artificial deve aumentar 50% ao ano, em média, e chegar a quase 130 bilhões de dólares até 2025. Hoje essa tecnologia é usada para melhorar e ajudar a detectar fraudes online. O Julius Baer prevê o aumento de sua utilização nos setores automotivo, com o desenvolvimento de novos carros autônomos, e de saúde, com a criação de softwares que ajudam a diagnosticar doenças e até de robôs capazes de realizar cirurgias de alta precisão.

Saiba Mais..

Tecmundo

Negócios

 

mec
cursos reconhecidos pelo mec

Fonte: Revista Exame: edição agosto de 2017 

Compartilhe:

Tecnologias para o Agronegócio

Investir em tecnologia para solucionar problemas e entraves do setor do agronegócio é uma opção para empreendedores.

Compartilhe:

Emprendedores apostam em tecnologia para o campo

 

 

Investir em tecnologia para solucionar problemas e entraves do setor do agronegócio é uma opção para empreendedores. Segundo a coordenadora de agronegócios do Sebrae-BA, Adriana Moura, cada vez mais empresários estão investindo nas áreas de consultoria, orientação e softwares específicos.

É o caso da plataforma Dr. Farm, que analisa os dados da lavoura e entrega soluções e projeções para antever os acontecimentos e ajudar as tomadas de decisão a partir de dados meteorológicos e coletados no campo.

“Existem inúmeros problemas sem solução no agronegócio, que é um setor tão cheio de nuances e variáveis que existem ainda muitas áreas da tecnologia para expandir, como logística para o agronegócio, meios de pagamento, entre outras”, afirma o CEO da Dr. Farm, Matheus Ladeia.

mec
cursos reconhecidos pelo mec na área de agronegócios

Players internacionais

Apesar das potencialidades ainda a desenvolver, o empresário alerta que ainda há muito desconhecimento sobre o desenvolvimento na tecnologia do campo brasileiro. As oportunidades existem, mas, ao mesmo tempo, o campo já conta com players internacionais que atualmente dominam o mercado.

“Existe uma imagem deturpada de que esse setor é subdesenvolvido. No agronegócio já existe muita tecnologia. Há uma desconexão porque as pessoas da área de tecnologia não entendem de agronegócio”, afirma Matheus Ladeia. O primeiro passo para quem quer entrar no segmento é entender muito das especificidades do agronegócio, porque cada cultura é um mundo. A partir daí, pensar em soluções tecnológicas para problemas existentes no setor.

 

Fonte da notícia: http://www.atarde.uol.com.br

Compartilhe:

Sistemas de energia fotovoltaica serão incluídos nos projetos do Minha Casa, Minha Vida

energia fotovoltaica incluída no Projeto Minha Casa, Minha Vida e Gerando Empregos

Compartilhe:

Energia Fotovoltaica e Minha Casa, Minha Vida

Segundo publicação do site canalernergia.com.br, o Ministério das cidades vai publicar portaria nós próximos dias prevendo a inclusão de sistemas de energia solar fotovoltaica nos imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida. Sendo que a iniciativa é resultante de estudos desenvolvidos por técnicos da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, em parceria com Furnas  a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

A inclusão dos sistemas de microogeração distribuída nos projetos de habitação popular do governo foi anunciada pelo Ministro das Cidades, Bruno Araújo, na ultima quinta-feira, 10 de agosto. Araújo participou de encontro com os responsáveis pelo estudo e com representantes do setor de construção civil, que entregaram uma avaliação da viabilidade do uso desses sistemas nos imóveis destinados à população de baixa renda.

24 mil empregos diretos e indiretos e geração de renda para os trabalhadores empregados nesses projetos na casa dos R$ 200 milhões.

Dados da Absolar mostram que com uma contratação na faixa de 400 mil novas residências por ano, será possível acrescentar 256 MW pico de geração distribuída em microssistemas fotovoltaicos a cada 12 meses. Isso representa R$ 1,65 bilhão em investimentos, com a criação de 24 mil empregos diretos e indiretos e geração de renda para os trabalhadores empregados nesses projetos na casa dos R$ 200 milhões.
mec
cursos online profissionalizantes em fotovotaica – Clique Aqui!
O consumidor de baixa renda típico tem consumo na faixa de 100 kWh por mês de energia, e o sistema projetado geraria na faixa de 70 kWh/mês, com economia de 70% na média de consumo. Restariam, em média, 30 kWh fornecidos pela distribuidora através da rede.O presidente executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia, explica que o conceito do Minha Casa Minha Vida é diferente de projetos-piloto já implantados no país na área de habitação, porque ele nasce totalmente integrado às regras da Resolução  482, da Agência Nacional de Energia Elétrica. Ao contrário de projetos anteriores à regulação da Aneel, não será mais necessária autorização especial do órgão.

Sauaia destaca os benefícios sociais, ambientais, estratégicos e elétricos para o sistema (energia no ponto de consumo, redução de investimentos na rede) da inserção da tecnologia no programa social; além do incentivo ao desenvolvimento da cadeia produtiva. “Infelizmente, apesar do grande esforço que o segmento tem feito para avançar no Brasil, ele enfrenta ainda dificuldades para avançar , e a Aneel recentemente soltou uma nota técnica que revisou para baixo a expectativa de crescimento.  Isso é muito negativo”, lamenta o executivo.

 

Compartilhe:

Terminal de Toras do Porto de Pelotas

Terminal de Toras de Pelotas bate Recorde

Compartilhe:

Terminal de Toras do Porto de Pelotas Bate Recorde

Segundo Revista Portos e Navios(edição 678), as operações no Terminal de Toras de Pelotas alcançaram um novo recorde de movimentação no mês de maio de 2017 , com o carregamento de 34 barcaças, somando 83 mil metros cúbicos, o que equivale a aproximadamente 62 mil toneladas de madeira. Devido principalmente à movimentação de madeira do terminal, a tonelagem movimentada no Porto de Pelotas nestes cinco meses de 2017 é de 43 mil toneladas maior do que o total contabilizado nos 12 meses do ano passado, incluindo todos os tipos de cargas.

portopelotas
movimentação no terminal do Porto de Pelotas foi de 43 mil toneladas maior no período

Lembrando que a Somática Educar através dos cursos online está com inscrições abertas nas áreas portuárias, logística, suprimentos dentre outros

Acesse Nossos Cursos e Escolha o Seu!

Informações: contato@somaticaeducar.com ou contato@somaticaeducar.com.br ou whatsapp: +55 55 999876524

 

 

Compartilhe: