Cursos Na Área de Administração e Qualidade na Somática Educar

Participe dos cursos de administração da Somática Educar. Cursos com qualidade e preços baixos e certificado gratuito

Compartilhe:

A Somática Educar está com inscrições abertas para os cursos na área de administração.

São eles:

Compartilhe:

Sistema Fotovoltaico e suas aplicações

A necessidade de oferecer alternativas para energização de propriedades rurais de  pequeno porte com eficiência, confiabilidade e custo acessível, motivou a realização  desta pesquisa, cujo enfoque principal foram os sistemas fotovoltaicos e a busca por  um melhor desempenho deste sistema a partir de estratégias de posicionamento dos  painéis solares em direção ao Sol.  

Compartilhe:

Autor: TIAGO CONCEIÇÃO DE SOUZA

Macaé – RJ

Curso Profissionalizante Energia Solar Fotovoltaica

A evolução da energia solar fotovoltaica teve início a partir da pesquisa de um físico  francês, Alexandre Edmond Becquerel, em 1839, que iniciou seus estudos sobre o  efeito fotovoltaico.  

Sabendo-se que a Energia fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir de luz  solar, e pode ser produzida mesmo em dias nublados ou chuvosos, quanto maior for  a radiação solar, maior será a quantidade de eletricidade produzida.  

Deste modo, podemos afirmar que nos dias atuais a energia fotovoltaica é  considerada a terceira fonte de energia renovável mais importante depois de  hidráulica e eólica, l em termos de capacidade instalada a nível mundial.  

Mais de 100 países utilizam energia solar fotovoltaica, ou seja, menos desperdício da  energia, além do baixo impacto ambiental na instalação. OS SISTEMAS FOTOVOLTAICOS, oferecem diversas vantagens para a rede elétrica, como a  redução de perdas em transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é  consumida onde é produzida.  

A necessidade de oferecer alternativas para energização de propriedades rurais de  pequeno porte com eficiência, confiabilidade e custo acessível, motivou a realização  desta pesquisa, cujo enfoque principal foram os sistemas fotovoltaicos e a busca por  um melhor desempenho deste sistema a partir de estratégias de posicionamento dos  painéis solares em direção ao Sol.  

Este trabalho apresenta o desenvolvimento experimental de um conjunto  considerando-se o aumento na geração de energia elétrica em função da  complexidade de implementação e do consumo de energia pelo próprio sistema de  movimentação.  

A matriz energética brasileira, há algum tempo, vem apresentando algumas  deficiências principalmente nos quesitos da dependência de fatores climáticos,  predominante da principal forma de geração de energia do país, causando assim uma  instabilidade no sistema de produção de eletricidade, acarretando os constantes  reajustes tarifários relacionadas a eletricidade.  

Na última década, à busca por soluções sustentáveis e eficientes de geração energia  aumentou exponencialmente, principalmente devido aos impactos ambientais  causados pelas atuais fonte de energia, desta maneira, uma nova tendência de  geração de energia está se expandindo cada vez mais.  

Para ter acesso ao Artigo Completo clicar abaixo:

Compartilhe:

Qualificação de Pás de Aerogerador de Pequeno Porte

Técnica e economicamente, o uso de energia renovável é viável no caso da transformação de  energia hidráulica, da biomassa em biogás e da eólica em energia elétrica.

Compartilhe:

Autor: Edson Ramos Damasceno

Fortaleza – Ceará

Curso Capacitação em Inspeção em Pás, Torres e Estruturas Eólicas

Somática Educar

Energia é o que aciona todos os processos no universo, desde micro à macro escala, e  representa uma das indispensáveis bases para a vida na terra. 

A principal fonte da energia na terra é a radiação solar. Através dos processos fotossintéticos,  os vegetais convertem energia luminosa em energia química, transformando, assim, o dióxido de  carbono da atmosfera em compostos orgânicos de carbono que, para a fauna e os seres humanos,  representa a única fonte primária de alimentos. 

Na formação da crosta terrestre, grandes quantidades de carbono orgânico ficaram retidas  em lugares subterrâneos, sob forma de carvão, petróleo e gás. Este processo acabou purificando a  atmosfera terrestre ao longo do tempo, por conta da remoção do dióxido de carbono e a liberação  do oxigênio, possibilitando, assim, a manutenção da vida na terra. 

As formas mais corriqueiras de uso da energia pelo homem são a iluminação (luz solar) e sob  forma de alimento, transformando energia em trabalho muscular, a fim de desempenhar as funções  cotidianas do indivíduo. 

O uso das energias fósseis em larga escala começou com a exploração das minas de carvão e  dos poços de petróleo, para satisfazer a demanda por energia da sociedade industrializada. Com a  disponibilidade de grandes quantidades de energia, a mecanização e a automação, começou a  motorização da sociedade em todas as áreas: trabalho, agricultura, pesca, produção, transporte,  locomoção, comunicação, lazer, preparação de alimentos, condicionamento de ambiente. E isto de  tal forma que, atualmente, até os brinquedos para crianças são motorizados. 

Na definição da Organização das Nações Unidas (ONU), desenvolvimento sustentável é um  conjunto de processos e atitudes que atende às necessidades presentes, sem comprometer a  possibilidade de que as gerações futuras satisfaçam as suas próprias necessidades (ONU, 1987). 

Mas atualmente, as consequências mais graves do uso excessivo das energias não-renováveis  (fósseis) são o esgotamento destes recursos dentro de poucos anos, o equivalente a algumas  gerações, além do aumento do CO2 na atmosfera.

Os processos e atitudes da sociedade moderna  atendem às necessidades presentes, mas comprometem a possibilidade de as gerações futuras  satisfazerem suas necessidades. A existência da raça humana pode estar ameaçada por conta deste  tipo de desenvolvimento. 

Evitar um desastre global obriga a humanidade a reduzir significativamente o uso das energias  fósseis. Neste caso, as energias renováveis oferecem uma alternativa sustentável para satisfazer a  demanda de energia, já que minimizam as chances de ocorrer o já anunciado esgotamento das  energias fósseis, e evitam o aumento do CO2 na atmosfera. Energia renovável é a energia enquadrada  em um dos seguintes tipos: radiação, biomassa, hidráulica de rios, vento, calor, correntes marítimas  e ondas, que se renovam permanentemente, através do fluxo energético solar. 

Técnica e economicamente, o uso de energia renovável é viável no caso da transformação de  energia hidráulica, da biomassa em biogás e da eólica em energia elétrica. Mais especialmente, o uso  da energia hidráulica e de biomassa sob forma de álcool já tem uma longa história de sucesso no  Brasil, que produz atualmente mais de 80% da energia elétrica a partir de recursos hídricos e é líder  mundial no domínio de tecnologia e na produção de álcool como combustível automotivo. A  produção do biogás na base de biomassa é uma tecnologia usada já em larga escala, no  aproveitamento de excrementos de animais e resíduos vegetais, mas o processo de aproveitamento  de lixo e de resíduos de tratamento de esgoto para produzir biogás ainda é bastante incipiente, em  fase de experiência.

Para ter acesso ao artigo completo clicar abaixo

Compartilhe:

Impacto Ambiental e Parques Eólicos

Mais uma vez podemos evidenciar a importância da (EIMA/RIMA), pois para construir um parque eólico no Brasil é necessária a realização de um Estudo e Relatório de Impacto Ambiental. Esse estudo vai considerar, entre outras coisas, a poluição sonora que o parque pode gerar, pois as hélices dos aerogeradores produzem muito zumbido e pode trazer danos ao meio ambiente, pois até mesmo a construção de um Parque Eólico onde irá gerara uma energia sustentável, está propicio ao dando.

Compartilhe:

Autor: Tiago Conceição de Souza

Macaé – RJ

Curso Tecnologia em Geração Eólica e Legislação Ambiental Aplicada à Implantação de Parques Eólicos

Somática Educar

Segundo a Resolução CONAMA nº 01/1986, considera-se impacto ambiental  qualquer alteração nas propriedades físicas, químicas e biológicas do ambiente  causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas  que, direta ou indiretamente, afetem: a saúde, a segurança e o bem-estar da  população; as atividades sociais e econômicas; a biota; as condições estéticas e  sanitárias do ambiente e a qualidade dos recursos ambientais.  

Com base nessa resolução é possível afirmar que nesse sentido, os impactos  ambientais podem ser positivos, quando resultam em melhorias para o ambiente, ou  negativos, quando essas alterações causam algum risco para o ser humano ou para  os recursos naturais encontrados no espaço, sendo assim, ressalto através de leituras  realizadas, a importância da Resolução CONAMA nº 01/1996, estabeleceu que  atividades que apresentam significativo potencial de degradação ou poluição  dependerão da elaboração de Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e apresentação do  respectivo Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) para que ocorra seu Licenciamento  Ambiental, podendo ou não ser autorizado o licenciamento. 

De acordo com o artigo 225 da Constituição Federal, “todos têm direito ao meio  ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à  sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de  defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”. 

Referente ao que tange Energia Eólica é sem dúvida uma das mais antigas  tecnologias humanas, A energia eólica é cada vez mais usada no mundo, por se tratar  de uma energia sustentável 

Um parque eólico ou usina eólica é um local, em terra (onshore) ou em mar (offshore),  que se destina à produção de energia elétrica a partir dos ventos.  

Uma usina eólica é constituída por vários aerogeradores, um edifício de comando  (inclui geralmente uma sala de comando, um gabinete, um armazém e instalações  sanitárias) uma subestação, aos quais todos os aerogeradores estão ligados através  de uma rede de cabos enterrados, e caminhos de acesso a cada aerogerador  (MENDES; COSTA; PEDREIRA, 2002). 

As modernas turbinas eólicas são usadas para capturar energia cinética do vento e  gerar eletricidade.

Mais uma vez podemos evidenciar a importância da (EIMA/RIMA), pois para construir  um parque eólico no Brasil é necessária a realização de um Estudo e Relatório de  Impacto Ambiental. Esse estudo vai considerar, entre outras coisas, a poluição sonora  que o parque pode gerar, pois as hélices dos aerogeradores produzem muito zumbido e pode trazer danos ao meio ambiente, pois até mesmo a construção de um Parque  Eólico onde irá gerara uma energia sustentável, está propicio ao dando. 

Fontes: 

www.wonderopolis.org/whatis.techtarget.com/www.wisegeek.org/www.sciencedirect. com/www.azocleantech.com/dictionary.cambridge.org/www.energy.gov/windeurope. org 

https://www.portalsaofrancisco.com.br/meio-ambiente/parque-eolico http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STP_206_222_27524.pdf

Compartilhe:

Commodities Agrícola

Elas têm grande relevância e influência na economia brasileira. Por se tratar de produtos essenciais para o consumo, possuem grande valor e costumam estar em alta no mercado.

Compartilhe:

Autor: Luis Henrique

São José do Rio Preto – SP

Curso Profissionalizante Corretor de Commodities – Metais, Petróleo, Energia, Agricultura e Carnes

Elas têm grande relevância e influência na economia brasileira. Por se tratar de produtos essenciais para o consumo, possuem grande valor e costumam estar em alta no mercado.


As Commodities Agrícola brasileiras, assim como as de qualquer País, são tratadas como um ativo financeiro.

Entendendo o que é commodity


O termo tem sua tradução literal como “mercadoria”, mas o fator determinante para uma commodity é o mercado internacional, visto que sua definição se dá por produtos que não possuem diferença de valor significativa, independentemente do País de origem.


O que são Commodities Agrícola?


Elas são proveniente das práticas agropecuárias e possuem o mínimo fator Industrial possível em seus processos.


Podemos dizer, então, que essas mercadorias estão mais ligadas a artigos primários. Vale ressaltar, porém, que nem todos os produtos que surgem na lavoura podem ser considerados Commodities.


Para isso, deve existir uma comercialização na bolsa de valores, o que exige alto valor comercial e estratégico. Com grande importância para economia brasileira um exemplo de commodity agrícola que podemos citar e a soja. Por ser um produto homogêneo (em forma de grão), possui alto valor de mercado, e uma das principais plantas exportadas pelo Brasil.


Uma vez que a bolsa determina seus valores, quanto maior for a oferta de ações, menor será seu preço e vice-versa.

Tipos de Commodities agrícolas.


Você pôde observar que nem todos os produtos das cadeias produtivas do agronegócio se encaixam em Commodities. Morango são altamente consumidos, mas não causam grande impacto em sua utilização, ao contrário do arroz e do algodão.


Exemplo disso sã o próprio algodão, milho e trigo. Mais entre as Commodities do Brasil, quais são as mais comuns? Podemos citar entre as principais:
✓ Carne bovina;
✓ Café;
✓ Trigo;
✓ Borracha;
✓ Milho;
✓ Açúcar.


Como funcionam as Commodities agrícolas?


O mercado de Commodities agrícolas pode ser nacional ou internacional, e se caracteriza como uma fonte de investimentos. O preço das Commodities agrícolas pode ser cotados usando como referência saca, quilo, arroba(no caso de boi) e toneladas, sendo que fatores externos podem ter larga influência nos valores, seja pelo clima, especulações e previsões de produtos e tempo estimado de colheita, por exemplo.


Para quem deseja investir no ramo, é interessante saber da possibilidade de comprar e vender Commodities agrícolas antes mesmo do fim das colheita, com preço estipulado por meio de estimativa.


Fonte da Consulta.
Autor: Luis Henrique

Curso: Profissionalizante Corretor de Commodities – Metais, Petróleo, Energia, Agricultura e Carnes.

Compartilhe:

Novo Porto

O Rio Grande do Sul deve ter um novo porto, no Litoral Norte. O pedido de autorização para construção feito por investidores em Arroio do Sal já está sendo analisado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários.

Compartilhe:

Autor: Leandro Luís Silva dos Santos 

Canoas – RS

Curso Arqueação de navios 

Instituição – Somática educar 

O Rio Grande do Sul deve ter um novo porto, no Litoral Norte. O pedido de autorização para  construção feito por investidores em Arroio do Sal já está sendo analisado pela Agência Nacional de  Transportes Aquaviários. 

Um dos motivos é a proximidade com a área industrial da Serra do Rio Grande do Sul. A medida  reduziria os custos e aumentaria a competitividade de grandes empresas exportadoras que necessitam,  atualmente, usar o porto de Rio Grande, no Litoral Sul, ou os de Santa Catarina. 

“Hoje, nos levantamentos que fizemos, um conjunto de empresas tem custo aproximado de R$  4 mil a R$ 6 mil para escoar sua produção via litoral sul e aproximadamente entre R$ 3 mil e R$ 4 mil  pelos portos de Santa Catarina.  

Nossa estimativa é que haja uma redução de 50% para o nosso projeto do porto do Litoral  Norte”, projeta o diretor-executivo do MOBI Caxias, Rogério da Silva Rodrigues. Dois grupos de investidores já adquiriram boa parte dos terrenos de duas áreas que poderão  receber o novo complexo portuário. Um deles é perto do balneário Rondinha, com mais de 600 metros  de frente para o mar e um total de 700 hectares. 

A outra área fica mais ao norte, no balneário de Arroio Seco, perto do limite com Torres. Esta  é uma área menor, com 150 metros de faixa de areia e 150 hectares. Ambas ficam próximas ao  aeroporto de Torres, que já está pronto e poderá servir de apoio para o transporte de cargas. 

Do complexo industrial de Caxias do Sul, por exemplo, via Rota do Sol, seriam 180 km até o novoporto.  Para levar as cargas até Rio Grande, a distância é de 437 km. 

Inicialmente, a ideia era construir o porto em Torres. Porém, em abril do ano passado, um navio  da marinha fez um levantamento geográfico do trecho entre Torres e Arroio do Sal. Nessa parte, a  profundidade do mar passa dos 20 metros mais perto da costa do que em Torres, o que facilitaria a  instalação do porto. 

Os dois grupos de investidores já receberam autorização de viabilidade econômica do  município. A estimativa é que cada projeto tenha investimento superior a US$ 1 bilhão, ambos de capital  estrangeiro. 

“Esses recursos vão tornar Arroio do Sal ainda melhor, principalmente porque poderemos  executar muitas melhorias de infraestrutura. Tudo indica que nós teremos o início das obras ainda este  ano”, diz o prefeito Affonso Flavio Angst. 

Um deles, que tem capital russo, está mais avançado, e a Agência Nacional de Transportes  Aquaviários já está analisando o pedido de autorização. 

Em abril de 2021 o grupo de investidores russos confirmam investimento de R$ 6 bilhões em  novo porto no RS, confirmando que o complexo portuário sairá em Arroio do Sal

O mesmo grupo de investidores protocolou a autorização para iniciar a construção do centro  administrativo do porto na Secretaria de Meio Ambiente do município. 

“A gente fez a solicitação para construir o escritório, a parte administrativa, refeitórios, centro  de treinamento dos funcionários que vão trabalhar no porto. O resto a gente depende de uma licença  do Ibama, que é bem mais complexa. São várias etapas que trabalham juntas, então, é uma licença  bem mais demorada”, explica a bióloga Letícia Maria. 

A expectativa é que mais de 4 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados na cidade.

Fonte: 

https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2020/01/10/arroio-do-sal-recebe-proposta para-sediar-porto-no-litoral-norte-do-rs.ghtml – consultado em 22/05/2021. 

https://imprensabrasil.com.br/2021/04/15/russos-confirmam-investimento-de-r-6-bilhoes-em novo-porto-no-rs-o-complexo-portuario-saira-em-arroio-do-sal/ – consultado em 22/05/2021.

Compartilhe:

Visite o Nosso Catálogo De Cursos

Visite o Catálogo de Cursos da Somática Educar!

Compartilhe:

Manutenção Preditiva

A manutenção preditiva é o acompanhamento periódico de equipamentos ou máquinas, através de dados coletados por meio de monitoração ou inspeções.

Compartilhe:

Autor : Rogério Cunha dos Santos

Angra dos Reis – RJ

Curso Manutenção Preditiva

A manutenção preditiva é o acompanhamento periódico de equipamentos ou máquinas, através de dados coletados por meio de monitoração ou inspeções.

As técnicas mais utilizadas para manutenção preditiva são:

TÉCNICA DA ANÁLISE DE VIBRAÇÃO

A análise de vibração é considerada uma das principais técnicas de manutenção preditiva devido à quantidade de informações que se podem detectar. É mesmo possível diagnosticar em equipamentos rotativos problemas como desalinhamento, desbalanceamento e empenamento do eixo, folgas, problemas em correias de transmissão, deficiente lubrificação, rolamentos danificados ou com montagem inadequada e problemas elétricos em motores.

TÉCNICA DA TERMOGRAFIA

A termografia utiliza, por seu lado, raios infravermelhos para medir ou observar padrões de distribuição de temperatura com a finalidade de adquirir informações sobre a condição operacional de componentes, equipamentos ou processos.

TÉCNICA DE AMOSTRA DE LUBRIFICANTE

Mas existem mais técnicas de manutenção preditiva como a monitorização do desgaste de máquinas por meio de amostras de lubrificante. Além de analisar as propriedades físico-químicas do fluido, as partículas de desgaste encontradas na amostra são analisadas e, em seguida, são identificados os tipos de problemas existentes e que providências devem ser tomadas.

TÉCNICA DO ULTRASSOM INDUSTRIAL

O ultrassom industrial é das técnicas de manutenção preditiva que converte sons de alta frequência em sons audíveis pelo ser humano, sendo que permite detectar problemas como vazamentos em linhas de ar comprimido e outros gases, deficiências de lubrificação, problemas elétricos em média e alta tensão, entre outros.

O alinhamento de eixos e polias a laser e o balanceamento em campo são técnicas de manutenção preditiva que permitem reduzir o tempo de paragem para corrigir o desbalanceamento e desalinhamento.

TÉCNICA DO LÍQUIDO PENETRANTE

A técnica do líquido penetrante é das mais frequentemente utilizada após a detecção de falhas por emissão acústica. É utilizado um líquido de baixa viscosidade na área que apresenta descontinuidade ao adicionar um pó revelador que mostrará as trincas pelo acumular de pó na área, sendo que é possível visualizar o tamanho da falha.

Das técnicas de manutenção preditiva é feito um ensaio por líquidos penetrantes que se propõe detectar descontinuidades essencialmente superficiais e que sejam abertas na superfície, tais como trincas, poros e dobras. Este ensaio é muito usado em materiais não magnéticos como o alumínio, magnésio, ligas de titânio ou zircónio, isto além dos materiais magnéticos. Pode, também, ser aplicado em cerâmica vitrificada, vidro e plásticos.

A manutenção preditiva vai se tornar uma espécie de braço direito da indústria 4.0. As pessoas passarão a ser elementos mais estratégicos e menos de execuções repetitivas e mecânicas. Por meio da manutenção preditiva alinhada à indústria 4.0.

Compartilhe:

Cursos na Área Aeroportuária/Aeroportos

Participe dos cursos a distância na área aeroportuária da Somática Educar e Aproveite as nossas promoções

Compartilhe:

Todos os cursos são totalmente a distância. Para saber sobre os cursos basta clicar no título correspondente abaixo.

Curso de Capacitação em Transporte Aéreo – globalização e logística

Curso Profissionalizante Agente Aeroportuário

Curso de Logística e Operações Aeroportuárias

O certificado será enviado no formado digital e enviado impresso através dos correios.

Os valores são únicos, sem custo adicional e sem mensalidades

Somos uma empresa com mais de DEZ Anos no mercado de cursos a distância , tendo como Parceiras diversas Universidades.

Compartilhe:

Draft Survey

Draft Survey é um método pelo qual se calcula o peso da carga transportada numa embarcação, seja no processo de embarque ou desembarque

Compartilhe:

Draft Survey é um método pelo qual se calcula o peso da carga transportada numa  embarcação, seja no processo de embarque ou desembarque. O ponto de partida é a  aferição da densidade da água em que a embarcação encontra-se navegando e a leitura  dos calados de vante, meia-nau e ré, em ambos os bordos (bombordo e boreste). Em  seguida realiza-se a sondagem dos tanques de lastro e posterior quantificação, utilizando  o livro de sondagem da embarcação. Daí, através de dados extraídos da tabela hidrostática  da embarcação, aplicação de fórmulas, e dados fornecidos pelo imediato, chega-se ao  deslocamento. Esse procedimento é repetido ao final da operação de embarque ou  desembarque, sendo a carga movimentada resultante da diferença de deslocamento entre  as arqueações inicial e a final. 

Autor: Alexandre Luís de Bulhões Rocha 

E-mail: alexandrelrocha@gmail.com 

Curso Arqueação de navios- Draft Survey 

Somática Educar

Compartilhe: