O que faz um arqueador de navios?

Autora: Isabela dos Santos Muniz

E-mail: belinhamuniz@hotmail.com

Curso de Arqueação de Navios – Somática Educar

Os trabalhos de Arqueação de Embarcações e Plataformas Flutuantes são executados pelo processo “Draft-Survey” com base na leitura das marcações de calado, para estabelecer o volume ou peso das mercadorias embarcadas ou desembarcadas, bem como os trabalhos de arqueação de granéis sólidos, líquidos ou gasosos, realizados através da pesagem ou medidas diretamente pelo espaço cheio do tanque ou pela medição do espaço vazio.

Arquear é precisar o volume de água deslocado por um navio, através da leitura de calados, cálculos matemáticos e tabelas. O cálculo desse volume se faz através do princípio de Arquimedes – “Todo corpo, parcialmente ou totalmente submerso em um líquido, sofre uma força vertical de baixo para cima, denominada empuxo, cuja intensidade é igual ao peso do volume deslocado por aquele corpo”.

A conferência da carga é realizada de duas formas. Na primeira maneira, por diferença de deslocamento se chega na quantidade de carga movimentada, utilizado para aferimento de granéis sólidos. Nos granéis líquidos, a aferição é realizada conforme a sondagem e medição da temperatura do material que existe em cada tanque.

O processo de arqueação deve ser feita antes do início da realização do carregamento ou descarregamento, para apontar o peso do volume de água inicialmente deslocado pela embarcação, este valor irá definir seu peso total, podendo também ser verificado no decorrer da operação (carga ou descarga) para um resultado intermediário e após o seu término, sendo os dois últimos levando em conta o deslocamento inicial e final aonde aferimos a diferença, no intuito de verificar a carga do navio.

Para realizar a arqueação, é necessário o conhecimento do navio, sua geometria, sua estrutura e algumas constantes do navio, bem como a utilização de tabelas.

O trabalho do arqueador consiste em cruzar os dados coletados com os apontados nos documentos fiscais da embarcação, o arqueador autentica as informações prestadas pelos responsáveis pelos produtos, visando supervisionar os produtos transportados. Essa ação proporciona uma fiscalização mais eficaz, mediante a aferição in loco, das movimentações de carga nas embarcações, permitindo maior controle, além de ajudar a coibir a sonegação fiscal. Cada medição (arqueação) é uma perícia.

O arqueador pode atuar em empresas que operam por meio de portos e terminais fluviais ou marítimos que realizam movimentação de cargas internamente ou atuam na importação ou exportação, transportadores, agentes de carga, terminais alfandegados, trading companies, empresas fiscalizadoras de carga, perito da Receita Federal, entre outras.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.